quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Lição dos Primários - Naamã e o Rio Barrento


GRAÇA
Deus faz por nós o que não somos capazes de fazer sozinhos.
VERSO PARA DECORAR
“Todos nós temos recebido da Sua plenitude, graça sobre graça.”
João 1:16, NVI.
REFERÊNCIAS
2 Reis 5:1-16; Profetas e Reis, p. 244-250.
OBJETIVOS
A criança deverá:
SABER que a dádiva da graça de Deus é para todas as pessoas.
SENTIR alegria pela superabundante graça de Deus.
RESPONDER pessoalmente à graça de Deus e desejar partilhá-la com outros.
MENSAGEM CENTRAL
A graça de Deus é para todos.

RESUMO DA LIÇÃONaamã, capitão do exército do rei da Síria tinha lepra. Uma menina israelita cativa trabalhava para sua esposa. A menina sugeriu que Naamã pedisse ao profeta Eliseu para curá-lo. O rei da Síria concordou e Naamã foi a Israel. Eliseu enviou um servo para dizer a Naamã que mergulhasse sete vezes no rio Jordão para ser curado. Naamã relutou, mas foi fi nalmente convencido por seus servos. Ele seguiu a orientação de Eliseu, foi curado, reconhece que o Deus de Eliseu era o verdadeiro Deus e prometeu não adorar nenhum outro deus.
Esta lição fala sobre graça. Deus ofereceu cura a Naamã, que havia sido um inimigo de Seu povo. Quando Naamã fi nalmente concordou em experimentar o método de Deus, recebeu tanto cura física como espiritual. Deus oferece a mesma graça a qualquer pessoa que a aceite.
1 - ATIVIDADES PREPARATÓRIAS
Caixas Misteriosas

Com antecedência, preparar duas caixas, tendo na tampa um buraco grande o suficiente para caber a mão de uma criança. Em uma das caixas colocar objetos bem conhecidos como chave, escova, pente, lápis, etc. Na outra caixa colocar objetos mais desconhecidos como bússola, peça de ferragem ou uma ferramenta raramente usada ou vista. (Colocar nas caixas uma quantidade suficiente de objetos para dar oportunidade a todas as crianças de pegar alguma coisa das caixas.) Em classes muito grandes, preparar um jogo de caixas para cada grupo de seis a oito crianças. Usar primeiramente os objetos bem conhecidos e depois os mais desconhecidos.
Deixar que uma criança de cada vez coloque a mão dentro de uma das caixas e tente identificar o objeto pelo tato, tirando-o depois da caixa para conferir se estava certa. (Devem então deixar o objeto fora da caixa.)
Analisando
Como vocês se sentiram não conseguindo identificar os objetos pelo tato na segunda caixa? (Não ficamos surpresos; fizemos nosso melhor, etc.) Vocês gostaram de sentir pelo tato e saber o que eram os objetos? (Sim.) Nossa história bíblica de hoje é sobre um homem que tinha uma doença que destruiu sua sensibilidade do tato, a capacidade de apalpar e reconhecer as coisas. Essa história nos mostra que a mensagem de hoje é verdadeira. Vamos dizê-la juntos:
A GRAÇA DE DEUS É PARA TODOS.
2 - LIÇÃO BÍBLICA
Vivenciando a Lição

Permitir que, no momento certo, as crianças coloquem os círculos adesivos nos braços e mãos. Informá-las também quanto ao momento de remover os adesivos para representar a cura divina da lepra de Naamã.
Naamã era o comandante do exército da Síria. Ele era famoso por suas lutas. Era amigo íntimo do rei. Certo dia, esse guerreiro ficou muito doente. Sua pele começou a ficar seca. Tornou-se esbranquiçada e começou a descamar. Ele começou a perder a sensibilidade do tato. Não sentia mais o contato com as coisas. Naamã tinha lepra, uma doença que nenhum médico podia curar. (As crianças devem colocar os adesivos nos braços e mãos.) Uma garota israelita trabalhava para a esposa de Naamã. Era uma cativa trazida de um dos
ataques repentinos contra Israel. A garota agora vivia longe de seu lar, entre os inimigos. Mas ela não se esquecera das grandes coisas que Deus tinha feito por Israel.
– Por que seu marido não pede que o profeta de Israel o cure? – disse ela à esposa de Naamã.
– Eliseu pode curar a lepra.
Naamã havia consultado todos os médicos da Síria; havia experimentado todo tipo de remédio. Nada adiantara. Eliseu era sua última esperança. Naamã seguiu para Israel com diversas companhias de soldados sírios. Levavam carruagens lotadas de tesouros para pagar pelo milagre da cura. Que cena estranha deve ter sido aquela!
Eliseu não deu a Naamã nenhum remédio. (Mostrar o frasco vazio de remédio e acenar negativamente com a cabeça.) Não queimou incenso nem fez magias secretas. Ele enviou seu servo para dizer a Naamã que fosse tomar um banho – não em qualquer lugar, mas no rio Jordão que corria ali perto. Naamã ficou frustrado. Eliseu nem falara com ele! Ele esperava que o Deus de Israel fizesse algo grandioso. Mas tudo que o profeta mandara dizer era que fosse tomar um banho naquele rio barrento! Não uma vez, mas sete vezes! Ele estava pronto para ir para casa. Os rios perto de sua casa corriam muito mais depressa e eram mais limpos. O rio Jordão era barrento e não muito mais largo do que uma casa! Felizmente, um dos servos de Naamã o fez parar.
– Se Eliseu lhe pedisse que fizesse alguma coisa mais difícil, o senhor não teria feito? – perguntou o servo.
Naturalmente que sim, pensou Naamã. Já havia conquistado países inteiros. Nada era difícil demais que ele não pudesse fazer. Exceto curar a si mesmo.
– Então, por que acha difícil fazer algo tão insignificante? – continuou o servo.
Naamã decidiu fazer o que o profeta de Deus dissera. Ele se dirigiu para o rio Jordão. Seis vezes ele mergulhou na água. Nada aconteceu. Ao levantar-se da água pela sétima vez, algo havia mudado. Sua pele sem cor e seca se fora! Agora tinha a pele macia e saudável de um jovem! (Pedir que as crianças removam os adesivos dos braços e mãos.) Não fora mudado apenas por fora; Naamã fora mudado também interiormente.
– Sei que o Deus de Israel é o único Deus verdadeiro – disse ele.
Unicamente o amor de Deus pôde fazer com que uma menina cativa, uma serva, fosse bondosa com seus captores. Somente o poder de Deus pôde realizar milagres através do profeta Eliseu. Apenas a graça de Deus pôde curar um guerreiro estrangeiro de seu pecado e de sua doença. Deus deseja conceder Seus dons da graça a todas as pessoas.
Analisando
Quais são algumas coisas que auxiliam na cura de nossas doenças? (Remédios, injeções, cirurgia, ir ao médico, etc.) Mostrar as gravuras ao mencionar esses diferentes procedimentos. Deus é o melhor médico de todos. Ele gosta de curar. Ele pede que as pessoas cooperem com Ele enquanto realiza a cura. Como Naamã cooperou com Deus? (Humilhando-se e indo mergulhar no rio Jordão.) Em quem Naamã aprendeu a confiar? (No melhor médico de todos – o Deus de Eliseu.) Que demonstração a respeito de Deus vemos no fato de Ele curar um capitão inimigo do Seu povo? Vamos responder dizendo nossa mensagem:
A GRAÇA DE DEUS É PARA TODOS.
Verso Para Decorar

Com antecedência, preparar pequenos pedaços de papel com uma palavra do Verso Para Decorar em cada um deles (ver João 1:16). Numerar os pedaços de papel na sequência correta das palavras no verso. Amassar bem cada pedaço de papel formandouma bolinha. Colocar as bolinhas no frasco vazio de remédio para representar comprimidos. Uma criança pode abrir o frasco e despejar fora os “comprimidos”. Crianças
voluntárias podem abrir um “comprimido” cada uma e ler a palavra escrita nele. Com o auxílio dos números, as crianças podem trabalhar juntas para colocar as palavras na ordem correta, formando o Verso Para Decorar. Todas devem então dizer o verso juntas. Repetir algumas vezes até que elas consigam memorizar o Verso Para Decorar.
Estudo da Bíblia
Com antecedência, escrever em cada pedaço de papel um nome e os versos que o acompanham conforme a lista abaixo. Escolher seis crianças para lerem a história de Naamã em suas Bíblias (2 Reis 5:1-16) para o restante da classe. Designar a cada uma dessas crianças um dos personagens da lista, dando-lhe os versos nos quais ela lerá o que aquele personagem fala ou faz. (As crianças lerão alternadamente na sequência dos versos, à semelhança de um jogral.) Os adultos auxiliares da classe podem ajudar na leitura se necessário.
Personagens
Naamã (versos 1, 4, segunda parte do verso 5, 6, 9, 11, 12, 14 e 15)
Menina cativa (versos 2 e 3)
Rei da Síria (primeira parte do verso 5)
Eliseu (versos 8, 10 e 16)
Servos de Naamã (verso 13)
Analisando
Qual é a parte que vocês mais gostam nessa história? (Aceitar respostas.) Vocês aprenderam alguma coisa nova ao ouvirem a versão bíblica da história? (Aceitar respostas.) De que vocês se lembrarão ao virem pessoas diferentes de vocês? Vamos responder dizendo nossa mensagem para hoje:
A GRAÇA DE DEUS É PARA TODOS.
3 - APLICAÇÃO DA LIÇÃO
Especialmente Para Você!

Personalizar um dos versos bíblicos abaixo para cada aluno da sua classe, inserindo no verso o nome da criança. (Por exemplo: “A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com [nome].”) Escrever os textos com os nomes em pedaços de papel e colocar em um recipiente (cesta ou tigela). Pode procurar e utilizar outros versos sobre “graça”. As crianças se revezarão pegando um papel e lendo o verso para aquela cujo nome está inserido ali. Certificar-se de preparar papéis a mais com linha em branco no texto para incluir nomes de visitantes.
Gênesis 43:29, última parte

Salmo 90:17
Provérbios 3:34
Atos 4:33, última parte
Romanos 1:7, última parte
Gálatas 6:18
1 Timóteo 1:14
Analisando
O que acharam de ouvir o nome de vocês incluído em um verso bíblico? (Isso torna a Bíblia real e pessoal, etc.) Quando forem tentados a pensar que vocês ou seu grupo de amigos são melhores do que outras pessoas, de que se lembrarão? Vamos dizer juntos a mensagem de hoje:
A GRAÇA DE DEUS É PARA TODOS.
4 - PARTILHANDO A LIÇÃO
Especialmente Para Eles
Usando pedaços de cartolina de 5 cm x10 cm, pedir que as crianças preparem um cartão com um verso bíblico personalizado para uma pessoa que escolherem. (Ver exemplo na seção anterior, Aplicação da Lição). As crianças devem planejar entregar pessoalmente o cartão a essa pessoa durante a próxima semana.
Analisando
Quem de vocês tem alguma pessoa em mente com quem gostariam de partilhar um verso bíblico personalizado? (Aceitar respostas.) Por que acham que será bom dar a alguém um verso bíblico incluindo o nome da pessoa? (Essa pessoa saberá que a graça de Deus é para ela pessoalmente.) Vamos dizer juntos nossa mensagem mais uma vez:
A GRAÇA DE DEUS É PARA TODOS.
5 - ENCERRAMENTO
Cantar “Meu Deus é Tão grande” (ver p. 111, CD faixa 2). Pedir que uma criança ore, agradecendo a Deus porque Sua graça é para todos. Todos podem ser amigos de Jesus.
Postar um comentário

ESCOLA SABATINA 13º SÁBADO/ 2º TRIM - ANO B

PROGRAMA SUGERIDO PELA PROFESSORA JOSIANE DE ALMEIDA MACÊDO FLORÊNCIO DA ASSOCIAÇÃO MATO GROSSENSE / UCOB Objetivo: Refletirmo...

Mais Populares