terça-feira, 29 de junho de 2010

Modelos de Lembrancinhas para o dia dos pais


Mais um modelo de lembrancinha simples de se fazer.
Um cartão cuja as orelhas são um par de meia. Clique na imagem para ler a receita completa,

Vi esta ideia no blog Cantinho da Nina.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Lembrancinhas

Aqui estão algumas lembrancinhas que podem ser entregues aos pais pelas crianças.







São ideias simples e fáceis de fazer. Clique na foto do jogo pra ler o modo de fazer. Dentro da caixa pode ser colocado bombons caseiros junto com as pedras do jogo. E tudo pode ser feito com material reciclável.

Ideias para Cenários


Galera, postei esta foto porque gostei muito da ideia do poço e do cenário da cruz.
Boa ideia para decorar as salas e também a igreja em programas especiais.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Site Maravilhoso!

O site abaixo é maravilhoso para nós professores do MCA, possui muitos desenhos para colorir e poder ser usado na adoração infantil. O site é em inglês, mas o google traduz imediatamente.
http://www.coloring.ws/

Ideias Para o 3º Trimestre de 2010

A partir do dia 03/07/10 começa o 3º trimestre e a divisão beneficiada será a Divisão Euro Africana que engloba países tais como: Holanda, Bélgica, Finlândia, Suécia, Dinamarca, Noruega, Egito, \países do Oriente Médio e Paquistão.
Segue algumas ideias para decoração das salas e incentivos.
Todas as ideias foram selecionadas no blog da tia Malu que promoveu uma trimestral como há muito tempo não tenho visto.

Incentivos de presença






São materiais fácéis de fazer e que qualquer professora pode confeccionar.

 Incentivo de Oferta


As borboletas são feitas de papel adesivo e coladas em chapas de radiografia com imâ, o quadro deve ser metal, sugiro também fazer um moinho de vento da holanda e a cada sábado acrescentar uma tulipa.


Incentivos de verso aúreo

Cada vez que a criança souber o verso de cor coloca-se uma borboleta


Este incentivo é um cartão com uma surpesa e o vesro escrito e colado em imã, assim a criança pode ler o verso todos os dis em casa.


Mural de Oração

Precisamos ensinar nossas crianças a orarem mais, amei este painel:


Parabéns à todas as professoras de Governador Valadares pela criatividade!
Espero que muito em breve as trimestrais aqui em Belo Horizonte voltem a ser como era.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Meu Pai II

Pai...


Pai, olho tuas mãos,

Elas são importantes na construção de teus filhos;

Que elas saibam ser firmes no orientar,

Serenas no amparar;

Que elas não fujam ao dever de punir,

E não se aviltem por agredir...


Tuas mãos, pai,

Devem ser o exemplo do teu trabalho

E que não se abram apenas materialmente,

Que isso é um modo de fechar a consciência,

Mas que, ao abri-las estejas abrindo muito mais

O teu coração e a tua compreensão...


Teus olhos, pai, que responsabilidade eles têm,

Que eles vejam as qualidades de teus filhos,

Por pequenas que sejam, para que as faças crescer,

Mas que não deixem de ver os defeitos e as falhas,

Porque pode ser teu o dever de corrigi-las...


Não te consideres, pai, sem defeitos,

Mas que isso não te desobrigues

Da perfeição de ensinares o que sabes certo,

Ainda que tu mesmo tenha dificuldade em segui-lo,

Mais importante do que conseguí-lo,

Sem dúvida será lutar por ele.


Pai, o que se quer de ti,

É que pai sejas,

No conceber por amor,

No receber por amor,

No renunciar por amor,

No amor total dos filhos que,

sem teu amor,

perderão o significado da própria vida.


Pai, estás presente no sangue,

Na herança biológica,

Na cor, no nome, na língua,

Tudo isso, porém, desaparecerá

Senão te fizeres presente no coração.


MEU PAI É O PILOTO

No livro Silent Strength for My life (Força tranqüila para a minha vida), Loyde John Ogilvie conta a história de um menino que conheceu numa viagem. Ele reparou no menino sozinho na sala de espera do aeroporto aguardando seu vôo.
Quando o embarque começou, ele foi colocado na frente da fila para entrar e encontrar seu assento antes dos adultos. Quando Ogilvie entrou no avião, viu que o menino estava sentado ao lado de sua poltrona.
O menino foi cortês quando Ogilvie puxou conversa com ele e, em seguida, começou a passar tempo colorindo um livro. Ele não demonstrava ansiedade ou preocupação com o vôo enquanto as preparações para a decolagem estava sendo feitas.
Durante o vôo, o avião entrou numa tempestade ,muito forte, o que fez que ele balançasse como uma pena ao vento. A turbulência e as sacudidas bruscas assustaram alguns dos passageiros, mas o menino parecia encarar tudo com a maior naturalidade. Uma das passageiras, sentada do outro lado do corredor do menino, ficou preocupada com aquilo tudo, e perguntou ao menino:
_Você não está com medo, menino?
_Não senhora, ele respondeu, levantando os olhos rapidamente de seu livro de colorir.
_Meu pai é o piloto.


Existem situações em nossa vida que lembram um avião passando por uma forte tempestade. Por mais que tentemos, não conseguimos nos sentir em terra firme.
Temos a sensação de que estamos pendurados no ar sem nada a nos sustentar, a nos segurar, em que nos apoiar-mos, e que nos sirva de socorro. No meio da tempestade, podemos nos lembrar de que nosso Pai é o piloto.
Apesar das circustâncias, nossa vida está nas mãos do Deus que criou o céu e a terra.
Ele está no controle, por isso não há o que temer. Se um medo incontrolável tomar hoje conta do seu ser, diga:
"MEU PAI É O PILOTO, NÃO TEMEREI MAL ALGUM!"

Autor: Pr. Alexandre Martins – Ministério Jovem Missão Paulista do Vale


Fonte: http://sosliderja.blog.terra.com.br/ ; Central de Diretores JA

Meu Pai I

O OLHAR DE MEU PAI

Objetivos do Programa: Homenagear os pais em seu dia, fazer com que o jovem perceba a importância do pai, e seja grato por ele. Saber que somos todos filhos de um mesmo Pai que nos olha com amor incondicional

Planos para o Programa: Fazer um convite especial a todos os pais da igreja e preparar uma lembrança especial deste dia. Cada filho pode entregar algo feito por suas mãos para seu pai e um cartão onde pode externar gratidão.

Para o momento da crônica, se houver recurso visual, selecionar fotos dos pais presentes com seus filhos.


Introdução – Crônica

No olhar do meu pai

Norma Emiliano

Na mente lances repletos de intensa vida. A visão de si e do mundo nos chegam pelos olhares mais freqüentes com os quais convivemos. È impossível não nos lembrarmos dos olhares paternos. Olhar de aprovação, olhar de reprovação, olhar de ternura, olhar de admiração. Emoções tornadas visíveis. “Os olhos são o espelho da alma” expressa o dito popular. Sim, muito mais do que as palavras, os olhos nos falam.

As palavras nos servem para reproduzir nas entrelinhas as marcas profundas de dias em que nos olhamos. Alguns olhares, apesar de não serem verbalizados, permanecem arraigados nas profundezas da alma. Muitos desses olhares com o passar do tempo agem como o foco das lanternas, iluminando os caminhos que percorremos.

Dentre tantas lembranças, gosto do mundo da alegria, das festas familiares. Muita música, muitos quitutes; crianças e adultos no farfalhar dos gestos. Como nada dura para sempre, em seguida o trabalho; colocar tudo no seu devido lugar. Muito próxima a meu pai, correndo de um lado para outro, no desejo de atender aos seus pedidos. Lembro-me dele jovem, cheio de vigor, olhos brilhantes e confiantes. Da sua confiança a minha confiança. Lembro-me também de seus olhos tristes, acabrunhados, desesperados na perda de sua mãe. Da sua tristeza fez-se a minha também.

Pai, “pai herói”, na infância parecia-me perfeito. Com seu carinho sentia-me amada. Com seu olhar orgulhoso, sentia-me única e bela. Sob seus olhos criei minha auto-estima. Contudo, na adolescência pareceu-me enfraquecido e não reconhecia mais o meu herói. Dei-me conta da sua humanidade. No transcorrer do tempo, as perdas de emprego, da juventude, da mãe. De perda em perda o vi transformando-se. A dignidade e humor intactos, mas o corpo curvado e o olhar embaçado. O meu orgulho pelo pai herói transformou-se em orgulho pelo homem e em imensa gratidão e ternura.

No compasso do tempo somamos diversos e diferentes olhares. Como marca, trago para a vida um olhar atento para este mundo tão transformado, cada vez mais violento e desumano, mundo não alcançado por meu pai. Por vezes, busco no meu íntimo sua referência e extraio dela uma nova visão. Uma visão que me permite ter esperança. Esperança de olhares ternos, solidários e mais justos.

Hoje, as formas de reprodução dos olhares ampliaram-se através da tecnologia. Formas que nos permitem registrar momentos para a posteridade. Os meios de comunicação ampliam os horizontes das pessoas. Mistura-se o real ao imaginário. Mas, os principais registros dos nossos olhares são aqueles que ficam do nosso cotidiano.

Onde quer que o homem fixe o olhar, atento, aí começa a haver mudança....


DINÂMICA – O Pai conhece o seu filho

Participantes: cinco Duplas (Pais e filhos)

Como realizar: Separam-se as duplas de maneira que primeiro fiquem só os pais enquanto os filhos ficam em outro lugar, sem contato. São feitas perguntas de cunho pessoal em relação ao gosto e escolhas dos e os pais respondem anotando em uma folha de papel. Os filhos voltam sem saber a resposta que os pais deram e respondem as mesmas perguntas para verificar se os pais acertaram as respostas. Depois se faz o inverso e a dupla que tiver mais acertos ganha um brinde especial


Ilustração

Um Pai costumava levar sua filha para um parque não muito longe de seu apartamento. Certo dia, quando ela brincava em um quadrado de areia, um sorveteiro aproximou-se deles. O Pai comprou um sorvete para ela, então, quando me virou para entregar-lo, viu que sua boca estava cheia de areia. Ela encheu de sujeira um local que ele planejava adoçar.
Será que esse Pai a amava mesmo com a boca suja? Absolutamente. Ela deixou de sua filha por estar com sujeira em sua boca? É claro que não. Iria ele permitir que ela ficasse com aquela sujeira em sua boca? De jeito algum. Por quê? Porque ele a ama.


Sob o olhar do Pai eterno

Mateus 7: 9-11

“Ou qual dentre vós é o homem que, se porventura o filho lhe pedir pão, lhe dará pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma cobra? Ora, s vós que sois maus, sabeis dar boas dádivas, aos seus filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus, dará boas coisas aos que lhe pedirem?”

Deus faz o mesmo por nós. Ao olhar só pensa em nosso bem estar. Só vê aquilo que podemos nos tornar em suas mãos. È assim que Ele os olha – com amor de pai. Um olhar que está acima da reprovação, acima da repreensão, um olhar acolhedor. Seus braços fortes e acolhedores nos seguram sobre a fonte das águas limpas.

Então ele nos limpa de nossa sujeira. Ele tem uma oferta melhor. Elee nos ama tanto que não permite nos deixar do jeito que estamos.

Estar debaixo d uma olhar como este ´confortante, nos traz paz. Um gesto incondicional de amor e carinho.

Diga hoje: “Pai obrigado por seu amor, por se entregar, por me amar. Obrigado porque nas horas difíceis você estava lá. Obrigado por seu amor, independentemente do que sou ou que fiz. Estou em Seus braços, preciso do Seu colo e do Seu carinho. Me ampare como sempre fez, para que eu possa receber a paz. Amém”

Diga isso ao seu Pai do Céu e ao seu pai neste dia especial

(Cabe aqui um momento de confraternização entre as famílias da igreja.)

Fonte: http://sosliderja.blog.terra.com.br/

Dia dos Pais II


SE VOCÊ FOSSE MEU FILHO


Hoje me passou pela cabeça o que faria,  
Se você, papai, fosse meu filho.

Se você fosse meu filho, e eu notasse você  
Carregado de perguntas e interrogações,
Dialogaria sobre as coisas da vida,
Diria de onde você veio, como nasceu.
Contaria as peraltices da infância.
Falaria do amor de Deus, de Jesus, de salvação...

É tão bom, papai, bater papo com você!


Se você fosse meu filho, e brigasse com a mamãe,
(como eu faço com a irmãzinha às vezes),
vocês fariam as pazes logo, logo.
Obrigariam um ao outro apertar a mão,
Beijar a face, e, num abraço gostoso pedir perdão.
Se você, papai, fosse meu filho,
Não deixaria você comer às pressas.
Sair correndo, quase morrendo.
Eu quero ver você bem bonito, bem gordinho.
Eu quero ver você ficar velhinho!
Se você fosse meu filho,
Levaria você ao parque, ao jardim.
Compraria pipoca, sorvete, bombom,
Faria tudo para você ficar contente.
Que bom, papai, quando você passeia com a gente!


Se você fosse meu filho, na hora de dormir,
Eu deixaria de ver televisão, iria ao quarto,
Segurar-lhe a mão, fazer oração,
E cantar cantigas de ninar...
É tão gostoso ouvir você cantar comigo,
E dizer em oração: Papai do céu...


Ah! Eu gosto tanto, tanto de você.
Que eu gostaria, papai, de ser seu pai!


Silvino Netto





Dia dos Pais

A partir de hoje começo a colocar aqui ideias para o programa dos pais.
Todas as ideias serão retiradas de site ou blogs publicos da internet, ou apostilas que eu tenho.


CONCURSO BÍBLICO DOS PAIS


1- Qual era o nome do Pai de Abraão ?

R: Terá ( Gen. 11:26 )

2- Quem era filho de Harã, irmão de Abraão ?

R: Ló ( Gen. 11:27 )

3- Qual era o nome do pai de Lia e Raquel ?

R: Labão ( Gen. 29:16 )

4- Qual era o nome do pai de Moisés e Arão ?

R: Anrão ( Ex. 6:20 )

5- Qual era o nome do pai de Anrão ?

R: Coate ( Ex. 6:18 )

6- Qual era o nome do pai de Zípora ?

R: Jetro ( Ex. 18:6 )

7- De quem eram filhos Gérson e Eliezér ?

R: Moisés ( Ex. 18:3 e 4 )

8- Qual era o nome do pai de Josué ?

R: Num ( Josué 1:1 )

9- Qual era o nome do pai de Gideão ?

R: Joás ( Juízes 8:32 )

10- Quem era o pai de Malom e Quiliom ?

R: Elimeleque ( Rute 1:2 )

11- Qual era o nome do pai de Boaz ?

R: Salmom ( Rute 4:21 )

12- Qual era o nome do filho e do neto de Obede ?

R: Jessé e Davi ( Rute 4:22 )

13- Qual era o nome do pai de Elcana ?

R: Jeroão ( I Sam. 1:1 )

14- Qual era o nome do pai de Saul ?

R: Quis ( I Sam. 9:1 e 2 )

15- Qual era o nome do pai de Mical ?

R: Saul ( II Sam. 6:20 )

16- Qual era o nome do filho de Jonatas que era aleijado ?

R: Mefibosete ( II Sam. 9:6 )

17- Qual era o nome do filho de Nebate ?

R: Jeroboão ( I Reis 11:26 )

18- Qual era o nome do pai de Eliseu ?

R: Safate ( I Reis 19:19 )

19- Qual era o nome do pai de Jeú ?

R: Josafá ( II Reis 9:2 )

20- Quem era o filho de Hilquias ?

R: Profeta Jeremias ( Jer. 1:1 )

21- Quem era o filho de Buzi ?

R: Ezequiel ( Ezeq. 1:3 )

22- Qual era o nome do pai de Oséias ?

R: Beeri ( Oséias 1:1 )

23- Qual era o nome do pai de Joel ?

R: Petuel ( Joel 1:1 )

24- Qual era o nome do pai de Jonas ?

R: Amitai ( Jonas 1:1 )

25- Qual era o nome do pai de Sofonias ?

R: Cusi ( Sofonias 1:1 )

26- Qual era o nome do filho de Berequias ?

R: Zacarias ( Zacarias 1:1 )

27- Qual era o nome do pai de Berequias ?

R: Ido ( Zacarias 1:1 )

28- Qual era o nome do pai de José, marido de Maria ?

R: Jacó ( Mateus 1:16 )

29- Qual era o nome do pai de João Batista ?

R: Zacarias ( Lucas 1:13 )

30- Qual era o nome do pai de Quileabe ?

R: Davi ( II Sam. 3: 2 e 3 )

31- Qual era o nome do filho primogênito de Davi ?

R: Amnom ( II Sam. 3:2 )

32- Qual era o nome do filho de Abias ?

R: Asa ( II Cron. 14:1 )

33- Qual era o nome do filho de Roboão ?

R: Abias ( II Cron 12:16 )

34- Qual era o nome do pai de Acabe ?

R: Onri ( I Reis 16: 29 )

35- Qual era o nome do filho de Jeroboão, que reinou em Israel ?

R: Nadabe (I Re. 15: 25).

36- Qual era o nome do pai de Neemias ?
R: Hacalias ( Neemias 1:1 )

37- Qual era o nome do pai de Esdras ?

R: Seraías ( Esdras 7:1 )

38- Qual era o nome do tio que criou Ester como filha ?

R: Mordecai ( Ester 2:5 e 6 )

39- Quem era pai de Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar, Zebulom, Dã, José, Benjamim, Naftali, Gade e Asser ?

R: Israel ( I Cron. 2:1 )

40- Quem era pai de Nebaiote, Quedar, Adbeel, Mibsão, Misma, Duma, Massa, Hadade, Temá, Jetur, Nafis e Quedemá ?

R: Ismael ( I Cron. 1: 28-31 )


Fonte: http://sosliderja.blog.terra.com.br/

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Viver é um espetáculo imperdível!

Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que a sua vida é a maior empresa do mundo. Só você pode evitar que ela vá à falência. Lembre-se sempre de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções.


Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas reflete sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas para tornar-se um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer em cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. É beijar os filhos, desfrutar os pais e ter momentos bonitos com os amigos, mesmo que eles nos magoem.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para dizer eu errei”. É ter ousadia para dizer perdoe-me”. É ter sensibilidade para expressar eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer eu te amo”.

Faça da sua vida um canteiro de oportunidades. Que nas suas primaveras você seja amante da alegria. Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria. E, quando você errar o caminho, comece tudo de novo.

Jamais desista de si mesmo.
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível...


Fonte: Autor Desconhecido
Site: http://www.cadadia.net/

Presente Criativo

Sei que a data já passou mas segue uma sugestão para qualquer data ccomemorativa.


"Que tal inovar este ano e dar a seu namorado ou namorada um presente criativo, personalizado e divertido?
Então mãos a obra! Compre uma caixa decorada ou faça você mesmo o que também fica muito bonito e da um toque pessoal. De acordo com os sentidos: visão, tato, audição, olfato e paladar; escolha objetos com significado especial para vocês e ao mesmo tempo represente, provoque e desperte cada um dos 5 sentido
--------------------------------------------------------------------------------
Visão
Álbum com as fotos dos melhores momentos de vocês dois.
Porta retrato com foto de ambos em um lugar significativo e que evoque boas lembranças.
Um quebra-cabeça com a foto de ambos?
Camiseta com a foto dos dois estampada.
Uma toalha com o nome bordado é uma boa pedida.
Um vídeo de um passeio.
--------------------------------------------------------------------------------
Tato

Um bichinho de pelúcia bem macio.
Óleos para pele.
Cremes.
Sais de banho.
Um gatinho.
Creme de barbear.
Loção de barba.
--------------------------------------------------------------------------------
Audição

Faça uma seleção das músicas com significado para os dois e grave em um CD sem faltar aquela música que faz lembrar um do outro.
Aquele cd do cantor que vocês dois gostam.
Uma declaração de amor gravada em áudio com um lindo fundo musical.
--------------------------------------------------------------------------------
Olfato

Este é um sentido com mais opções.
Perfumes.
Flores.
Velas perfumadas.
--------------------------------------------------------------------------------
Paladar

Escolha os doces preferido dele(a) ou de ambos.
Chocolate sempre é uma boa pedida, mas não exagere.
Biscoitos finos.
Sorvete preferido
--------------------------------------------------------------------------------
Lembre-se que estes presentes devem possuir e representar algo pessoal. É importante que faça lembrar de momentos felizes, alegres e românticos e deve ter um significado para vocês dois.

Acondicione tudo com muito amor, e não esqueça de colocar um cartão com mensagem especial e escrita com sua própria letra (mesmo que tenha apenas uma só frase).

Depois é só correr para o abraço literalmente.

Feliz dia dos namorados!"




Fonte: Péricles Ramos; Site: http://www.cadadia.net/

quinta-feira, 10 de junho de 2010

terça-feira, 8 de junho de 2010

Porta-Recados de Flor



Achei super Interessante ESTA ideia de Porta Recados, retirada ideia do blog Ideias e Arte

Esse porta-recados É ideal escolas para, Igrejas, Escritórios ...
É Muito Fácil de Fazer!
Utilize cartolina, papel Cartão cortiça OU eva Seller.

1 - Painel de Flor:
- Círculo UM Recorte não Desejado Tamanho.
- Faca 5 pétalas de flores não Formato de círculo e Atrás do círculo Maior Quente com cola. Se preferir, utilize o Molde de flor Abaixo.
- Atrás do Painel, hum fixe ganchinho n pendurar Parede na.

2 - Prendedor de Abelha:
- Pinte com tinta guache OU UM PVA prendedor de roupas, se preferir cole Uma tirinha de eva
- Através do Molde Abaixo, recorte o rostinho e como asas e fixe sem prendedor Quente com cola.
- Para as anteninhas, hum fixe pedacinho de arame encapado OU material preto semelhante Atrás da Cabecinha.
- Detalhes OS Faca do Rosto com caneta permanente preta.
- Coloque o recadinho!
Atenção!
- Os recadinhos Fixe com taxinhas OU Agulhas Coloridas de bolinhas.

3 - Moldes




Adoração Infantil

Todos sabemos da importância da adoração durante os culto, principalmente das crianças. Por isso a cada culto temos o momento da adoração infantil, que pode ser uma história contada, encenada ou cantada que leve a criança a sentir o desejo de adorar a Deus. Ao final podemos entregar algum desenho relacionado para que elas possam colorir ou responder durante o culto.
Aqui vão alguns desenhos que podem ser usados neste momento.


Este pode ser usado ao contar a história sobre a infância de Jesus.


Pode ser usado ao contar sobre o nascimento de Jesus

ESCOLA SABATINA 12º SÁBADO MINISTÉRIO DA CRIANÇA

PROGRAMA SUGESTIVO PARA O 12º SÁBADO. PROGRMA SUGERIDO PELA PROFESSORA VERINHA MATIAS DA IASD PARQUE IDEAL - TERESINA/PI - MISSÃO PIAUIENSE...

Mais Populares