terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Lição de março - Primários - 1 trimestre 2013

Vídeo com ideias para as lições de março.


Lição de janeiro - Primários - 1 trimestre 2013

Vídeos com ideias para lições de Janeiro.


Primários Lições de Fevereiro - 1 trimestre 2013

Vídeo com sugestões de ilustrações para as lições de fevereiro.


Primários - Dicas de Projetos - 1 trimestre 2013

Vídeo com dicas e sugestões de projetos para a Classe dos Primários.


Momentos prévios e Incentivos - Primários - 1 trimestre 2013

Vídeo com ideias para incentivos e momentos prévios para a classe dos Primários.
 


quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Programa de Natal 2012 - Novo!!!!!




Gentem!!!!!!
Uma amiga da igreja me pediu um programa rápido, fácil de fazer e que houvesse a participação de toda a igreja.
Bom, pesquisa daqui e pesquisa dali...Vapt-Vupt, eis um programa ideal para aquelas que ainda nem começaram a ensaiar nada pro natal. 
Espero que gostem, pois foi preparado com muito carinho.


ESCOLA SABATINA

MOMENTOS DE LOUVOR – HA nº 42 e 50

ABERTURA – (NARRADOR ESCONDIDO) – Novamente os povos se regozijam pelo transcorrer de mais um Natal. Mais de dois mil anos se passaram desde que a manjedoura de Belém foi transformada em berço. Gerações e gerações têm passado, deixando um rastro de lágrimas e um caminho de esperanças. Mesmo assim, a glória e o gozo do Natal têm permanecido inalteráveis. Vamos trazer nesta manhã três convidados, que são a verdadeira essência do Natal. – E vamos  convidá-los para que habitem sempre em nossos corações, e depois, levemo-los aos corações daqueles que ainda não o conhecem. Esta é a maior bênção do Natal, o mais grandioso trabalho que se pode fazer para o Rei dos Reis, o redentor da humanidade.

PARÁFRASE DE NATAL - Dois Adolescentes – Um menino e Uma menina
1) Ainda que eu repetisse a história do Natal e cantasse os seus lindos hinos, e não tivesse amor, seria como metal que soa ou como o sino que retine...

2) Ainda que eu recebesse numerosos presentes de Natal e conhecesse o seu valor comercial; e ainda que eu celebrasse a festividade do Natal em meio a dias incertos e tenebrosos, e não tivesse amor, de nada serviria...

1) E, ainda que distribuísse presentes de Natal aos pobres e entregasse o meu corpo às intempéries do tempo para ministrar aos necessitados, e não tivesse amor, de nada aproveitaria...

2) Especialmente no Natal, o festival de amor, o amor é paciente e benigno; o amor não é invejosos, o amor não trata com leviandade, o amor não se ensoberbece...

1) Embora o Natal traga consigo as sua tentações, o amor não trata com indecência; não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se alegra com a injustiça, mas alegra-se com o amor de Deus manifesto em Jesus Cristo, o Senhor...

2) Este maravilhosos amor de Deus, derramado sobre o mundo, através do infante de Belém, faz com que possamos tudo sofrer, tudo crer, tudo esperar, tudo suportar...
1) amor jamais acaba: ainda que haja pinheirinhos de Natal, estes expirarão; ainda que haja enfeites multicores, estes perecerão; ainda que haja gritos alegres de crianças, estes cessarão...
2) Porque estas coisas são apenas a manifestação terrena da alegria do Natal, mas quando o Natal perfeito vier, então, o que é em parte será aniquilado...
1) Quando eu era criança, falava a respeito do Natal como criança, compreendia o Natal como criança, pensava a respeito do Natal como criança; - mas quando me tornei grande, despojei-me das minhas ideias egoístas sobre o Natal...

2) Porque agora vemos apenas de relance a beleza do Natal, mas então veremos em toda a sua glória. Agora eu conheço em parte o significado desse dia, mas, então conhecerei o Natal assim como eu mesmo sou conhecido...

1) Possa este maravilhoso espírito de amor, o verdadeiro espírito de Natal, encher o nosso coração, neste tempo em que Cristo nasceu.

HINO INICIAL – HA nº 44 – NATAL! FELIZ NATAL!

ORAÇÃO INICIAL – _______________________________

NARRADOR: – “Ora a fé é a firme fundamento das coisas  que se esperam, e a certeza das coisas que não se veem”.

1ª FRASE (Fé – Escrita em uma faixa) (Um Juvenil vestido de branco): – Havia fé no mundo quando Jesus nasceu. Muito antes daquela, grandiosa estrela brilhar sobre a pequenina Belém; mesmo quando os pastores ainda não vigiavam os seus rebanhos durante a noite nos campos, os profetas antigos, cheios de fé, já anunciavam que Jesus iria vir. É o profeta Isaías que disse no Antigo Testamento: “Portanto o Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e terá um Filho, e chamará o seu nome “EMANUEL“. A profecia se cumpriu e tornou possível e mais fácil ao homem acreditar na verdade  ela contém, crendo firmemente no poder de Deus.  A salvação desceu ao berço da manjedoura de Belém. A vida eterna se achava envolta nas vestimentas do Filho de Maria.

LOUVOR ESPECIAL – ___________________________________________________

NARRADOR - E a esperança não confunde, porque o amor de Deus está derramado em nosso coração pelo Espírito Santo que nos foi dado”

2ª FRASE (Esperança) (Um Juvenil vestido de branco): Havia esperança no mundo, quando Jesus Cristo nasceu. A estrela de Belém, no entanto iluminou uma nova esperança, para uma nova vida de honra, liberdade. Os casados, aflitos, e sobrecarregados, encontraram esperança na manjedoura de Belém. A esperança é uma valiosa amiga, possuidora de grande poder, porém sua maior característica é purificar as mentes. O apóstolo João diz: E qualquer que em Jesus tem esperança, purifica-se e a si mesmo, como também Ele é puro. Esta é a grande esperança que purifica a mente, o caráter. Porque em esperança somos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança, porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperarmos o que não vemos, esperamos com paciência.

INFORMATIVO –  (ROL DO BERÇO E JARDIM)

LOUVOR ESPECIAL – __________________________________

NARRADOR – Agora permanecem estes três: a "FÉ", a "ESPERANÇA" e o AMOR. Mas o maior deste é o AMOR. Sem o imenso e imensurável amor de Deus, não haveria Natal.

3ª FRASE (Amor) (Um Juvenil vestido de branco): Havia amor no mundo quando Jesus nasceu. Mas foi na pobre manjedoura de Belém, tendo por berço uma caminha de feno, que o amor se concretizou e veio habitar entre o povo. Foi o amor que abriu os portões do céu, e fez baixar o Cristo em forma de homem. Foi ainda o amor que o guiou até Belém, trazendo-o ao mundo. E este seu amor espalha os seus raios benignos sobre toda a terra até hoje. Que infinito amor! Fazendo Deus baixar até a terra, a fim de o homem subir até o pai celestial no céu, não como condenado, mas salvo e redimido, transformado em filho querido. Amor! Amor! O Sempre Eterno amor de Deus! Amor essência de Deus o próprio Deus enviado aos homens na pessoa de Jesus menino, o Redentor que sendo Deus é o amor.

LOUVOR ESPECIAL – __________________________________

MOMENTOS DA LIÇÃO – PROFESSORES DE CLASSE

ENCERRAMENTO – Os três juvenis voltam e fazem o encerramento:

FÉ – o Natal nos trouxe amor! Foi Jesus quem nos trouxe o amor. É Ele o presente do amor de Deus. Sua vida foi um hino de amor. Sua morte tornou-se a expressão suprema do seu amor ao mundo perdido. Foi Jesus quem colocou no coração de seus seguidores o amor que serve, o amor que renuncia, que intercede e que se submete e torna todas as coisas possíveis.

ESPERANÇA – o Natal nos trouxe esperança. Alguém chamou o Natal de “o aniversário da esperança”. Desde quando Adão e Eva foram expulsos do Jardim do Éden, que a promessa da vinda do Messias se tornou um raio de esperança. Ele era o Rei que se assentaria no trono e governaria o mundo com justiça para todo o sempre.

AMOR – eis o verdadeiro Natal, e com ele, nova oportunidade de reconsagração de vida, prontidão em fazer Cristo conhecido. Mas como conseguir isso? Perguntaram muitos – Como? Anunciando o Evangelho! Se não podemos ir, oremos! Sustentemos os que vão e os que mandamos com as nossas ofertas e as nossas orações e cantaremos com alegria.
             
NARRADOR –  O Natal, para nós, é, permanece e será sempre o Natal. O verdadeiro Natal. O natal da fé, da esperança e do amor. Vamos sempre esperá-lo e recebê-lo com a maior oferta do amor de Deus. E, agora, rendamos graças a Deus pela sua preciosa permanência: FELIZ NATAL!

LOUVOR ESPECIAL – ________________________________


CULTO DIVINO

ENTRADA DA PLATAFORMA

DOXOLOGIA

ORAÇÃO PASTORAL

DÍZIMOS E OFERTAS

ADORAÇÃO INFANTIL - Jogral: Dentro da estrela - p/crianças dos Primários

1ª criança: (Segura uma figura de Jesus na manjedoura)

Pela estrela eu vejo O lindo bebê Jesus
Dorme em berço de palha
Quem do mundo é a luz.

2ª Criança (Segura uma figura de pastores no campo)

Que grande estrela!
Os pastores começam a observar
E surpresos, lá no céu
Ouvem os anjos cantar.

3ª Criança (Segura a figura de um anjo)

Da estrela veio um anjo,
Boas novas anunciar,
Paz e salvação
Ele veio proclamar.

4ª Criança (Segura uma figura dos pastores adorando a Jesus)

Pela estrela foram
Os pastores a Belém;
Reverentes a adorar
O Senhor de todo o bem.

5ª Criança (Segura a figura dos reis magos)

Seguindo a estrela vieram
De muito longe a Belém;
Homens sábios do Oriente
Adorar Jesus também.

6ª Criança (Segura uma figura de coração)

Faz muito tempo que ocorreu o nascimento de Jesus.
Hoje já não esta em Belém;
Já não é um bebê envolto em panos.
Mas ainda necessita de um lugar para nascer,
E esse lugar pode ser o teu coração.

LOUVOR ESPECIAL – CORAL – UMA ESTRELA BRILHOU - CD TIA HELENITA

HINO CONGREGACIONAL – HÁ nº 42 – TUDO É PAZ!

ORAÇÃO DE JOELHOS - _______________________

LOUVOR ESPECIAL – CORAL – VAMOS TODOS JUNTOS ADORAR - IVELINE

SERMÃO - ___________________________________

LOUVOR ESPECIAL – CORAL – NASCE JESUS! (DIM – DOM) - IVELINE

ORAÇÃO FINAL - _____________________________





Se você gostou, não esqueça de comentar!


sábado, 17 de novembro de 2012

O Nascimento de Jesus! - Teatro




Com motivo do natal, trazemos a proposta de uma breve representação que pode ser realizada totalmente por seus alunos. Os materiais que precisará para o cenário e vestuário são:

- Um boneco (bebê)
- Pequeno cesto em que caiba o bebê.
- Pedaço de tecido para tapar o bebê.
- 3 caixas de sapatos pequenas, decoradas como os tesouros dos reis magos.
- Moedas de chocolate, duas bolsas de potpourri
- Travesseiro pequeno para que Maria apareça grávida
- 3 peças de papelão para usar como portas para as pousadas
- 3 camisas azúis e grandes para usar com os reis magos
- 4 camisas brancas e grandes para usar com os anjos
- 3 ou 4 camisas de diferentes cores e grandes para usar com os pastores e o narrador
- 2 camisas beges grandes para José e Maria
- Uma área que seja o estábulo (pode ser rodeado por luzes brancas e aceso quando cheguem os reis e os pastores).
- Uma grnade estrela de papelão forrada com papel alumínio.

Primeira cena (fora da cidade)

(Entra o narrador).

Narrador: Ouçam, ouçam! Saibam todos que por ordem de César Augusto haverá um recenseamento. Todos devem ser alistados e voltar às suas cidades de origem.

(Sai o narrador, e José e uma Maria grávida entram)

José: Maria, sei que você logo terá o bebê, mas devemos ir a Belém por causa do recenseamento.

Maria: Sim, José. Creio que posso viajar e sei que o Senhor estará conosco nesta viagem.

(José e Maria começam sua viagem. E caminhando até a primeira pousada, batem na porta. Os donos estão atrás das portas.

Primeiro dono (quando batem a porta): Sim?

José: Estivemos viajando por muito tempo, tem algum lugar para nós?

Primeiro dono: Sinto muito, mas não há mais espaço aqui. Tentem na próxima pousada.

(José e Maria caminham à seguinte pousada e batem na porta)

Segundo dono (quando batem à porta): Sinto muito, se estão procurando um lugar para ficar, estamos totalmente ocupados. Tentem na próxima pousada.

(José e Maria caminham até a pousada. Estão quase chegando à porta quando sai o proprietário)

Terceiro dono: Incrível! Este lugar está quase cheio de parede a parede. (Olha para Maria com compaixão) Não acho que vocês encontrarão um quarto nesta cidade. Mas vocês também não devem seguir viajando tão tarde da noite. Se não se importarem, talvez possam descansar ali atrás no meu estábulo. Não é o lugar mais cômodo, mas pelo menos terão um teto sobre suas cabeças. E os animais são maravilhosos, não vão incomodar.

José: Minha esposa deve descansar. O estábulo vai ser bom para nós.

Terceiro dono: Muito bem, então sigam-me.

(O proprietário leva José e Maria ao estábulo. Depois todos os donos de pousadas saem)
Segunda cena no estábulo)

(José ajuda Maria a sentar-se no piso, depois começa a preparar uma cama)

José: Sei que Deus está conosco. É muito melhor dormir aqui do que lá fora.

Maria: José, eu não estou me sentindo bem. Estou muito cansada e estou sentindo dor. Acho que já está no tempo de nascer o bebê.

José: Por favor, Maria, descanse nesta cama que eu te preparei.
Terceira cena (um campo)

(Entra o narrador)

Narrador: Neste mesmo tempo, alguns pastores estavam cuidando de seus rebanhos quando de repente um anjo lhes apareceu.

(Entram os anjos. Enquanto um anjo fala, Maria envolve o bebê no tecido e o deita na manjedoura)
Primeiro anjo: Trago boas novas de grande alegria. Hoje na cidade de Davi nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto lhes servirá de sinal: encontrarão um menino envolto em panos e deitado numa manjedoura.

Os três anjos: Glória a Deus nas alturas e na terra paz aos que gozam de sua boa vontade!

Primeiro pastor: Vamos a Belém para ver o que o Senhor nos revelou!

Segundo pastor: Vamos contar aos nossos amigos e depois vamos todos juntos! Glória a Deus por estas boas novas. Vamos, é uma viagem longa.

Narrador: E os pastores, depois de ouvir os anjos, foram ver o bebê. Um tempo depois alguns reis magos viram uma estrela brilhante no céu.

(Sai o narrador e entram os reis magos. A estrela é vista)

Primeiro rei: (apontando a estrela) Vejam, uma estrela! Vejam como é brilhante!

(Os outros dois reis olham para a estrela)

Segundo rei: É o sinal. Maravilhoso sinal! O rei dos judeus nasceu.

Terceiro rei: Vamos adorá-lo. Presentes, precisamos de presentes!

Primeiro rei: Já sei o que posso dar. Eu vou dar ouro, porque ele é de família real.

Segundo rei: Meu presente será especial: eu vou dar mirra.

Terceiro rei: Incenso será o meu presente. Ponhamos os presentes em caixas especiais, porque ele é rei.

(Os três magos colocam seus regalos em caixas de tesouros. O narrador entra. Os reis caminham até o estábulo enquanto veem a estrela. Maria toma a criança e a põe em seus braços)

Quarta cena (No estábulo)

(Entra o narrador)

Narrador: Os reis magos encontraram a seu rei seguindo a estrela. E quando chegaram, prostraram-se e adoraram a seu rei e ofereceram seus presentes.

(Os reis magos colocam seus presentes diante de Maria e depois se prostram. Entram os anjos)

Anjos: Glória a Deus nas alturas e na terra paz!

Fonte: www.kidssundayschool.com/Spanish/Gradeschool/Skits/1skit07.php


terça-feira, 9 de outubro de 2012

Atividades para as lições 2,3 e 4 dos Primários


Resumo da lição 2 - Quem enganou?
Jacó e Labão fi zeram um acordo em relação a Raquel: Jacó trabalharia para Labão durante sete anos, e Labão daria Raquel a Jacó como esposa. Os sete anos passaram rapidamente
por causa do amor de Jacó por Raquel. Mas depois que os sete anos passaram, Labão deu a Jacó Lia em vez de Raquel. Jacó ficou zangado ao ser enganado, mas concordou em trabalhar
mais sete anos por Raquel. Labão concordou, e finalmente Jacó e Raquel se casaram.
Esta lição fala sobre serviço. Esse incidente nos ensina dois princípios sobre serviço. O primeiro é o princípio da perseverança. Muitas coisas demandam trabalho durante certo tempo, às vezes muitos anos, como no caso de Jacó. Aprendemos a ser pacientes e continuar trabalhando em direção a um alvo. O segundo princípio é que quando somos motivados pelo amor, o serviço perseverante nos é agradável (Gn 29:20).




Resumo da lição 3 - Fugindo outra vez!

Deus disse para Jacó deixar Labão e retornar para sua terra. Jacó partiu sem avisar Labão. Quando Labão alcançou Jacó, ele ficou zangado. Eles discutiram sobre os termos da separação. Labão insistiu que tudo quanto Jacó possuía era realmente seu. Jacó retrucou, dizendo a Labão que ele fora um bom empregado durante 20 anos. Jacó lembrou a Labão de seu fiel serviço em condições difíceis, viagens desagradáveis, etc. Finalmente, eles concordaram em fazer um pacto sob bons termos e construíram juntos um altar para ratificar seu acordo.
Esta lição fala sobre serviço. 
No longo serviço de Jacó prestado a Labão, vemos o princípio de termos responsabilidade pelo nosso trabalho. Durante longo tempo, Jacó prestou a Labão serviço leal e digno de confiança. Jacó confiava que para um trabalho benfeito a recompensa viria de Deus, não da pessoa para a qual ele trabalhava na Terra. Devemos servir os outros da mesma maneira, deixando a recompensa com Deus, não com os seres humanos.

Resumo da lição 4 - Finalmente, o Lar!!!

Em sua viagem para Canaã, Jacó ficou sabendo que Esaú vinha ao seu encontro. Jacó desconhecia os sentimentos de Esaú quanto ao passado. Ele se lembrou da promessa de Deus e prosseguiu. Jacó reconheceu que errou e sentiu o desejo de endireitar as coisas com seu irmão. Depois de muitos anos longe, Jacó e Esaú finalmente se reencontraram. Jacó presenteou seu irmão com muitas dádivas, o que a princípio Esaú procurou recusar, mas Jacó insistiu para que ele recebesse os presentes. Esaú, então, procurou retribuir os presentes, oferecendo-se para acompanhar Jacó e sua família, ou pelo menos que seus homens os protegessem em sua viagem. Mas Jacó ficou satisfeito em ter podido fazer as pazes, e Esaú voltou para casa. Então, Jacó continuou mais devagar em direção a seu novo lar.
Esta lição fala sobre serviço. Jacó exerceu três princípios de serviço eficaz. Primeiro, reconheceu toda a extensão da bênção de Deus a ele (Gn 32:10). Dando a Esaú, não diminuiu seus próprios bens, pois Deus tinha sido muito generoso para com ele (Gn 33:8-11). Segundo, Jacó tratou Esaú com muito respeito. Não exigiu igual tratamento, nem insistiu em receber alguma coisa em troca (Gn 33:12-15). Finalmente, Jacó aprendera a movimentar-se de acordo com a velocidade daqueles pelos quais era responsável. Andava de acordo com o passo dos mais novos e mais delicados (Gn 33:13, 14). Desejamos fazer a mesma coisa em relação às pessoas às quais servimos.

Clique na imagem e salve em seu computador e imprima.
Se você gostou do que viu, não se esqueça de comentar!



Atividades para as Lições 2, 3,4 e 5 - Jardim de Infância


Resumo da Lição 2 - Celebrando a Cura!
Jesus tinha estado muito ocupado. Desejava descansar um pouco, assim Se dirigiu para a
casa de Pedro que ficava ali perto. Mas Ele não descansou muito. A sogra de Pedro estava
doente. Pedro pediu a Jesus que curasse sua sogra. Então, Jesus curou a sogra de Pedro. Ela
se levantou da cama e imediatamente preparou alimento para Jesus e Seus amigos. As pessoas que moravam perto ouviram que a mulher fora curada, e contaram para outras pessoas. Logo, chegou muita gente querendo ser curada, e Jesus curou a todos. Embora não tivesse descansado muito, Jesus ficou feliz porque ajudou muita gente.
Esta lição fala sobre serviço. 
Jesus sempre Se preocupa quando pessoas ficam doentes. Ele
deseja ajudar as pessoas a se sentirem bem. Nós também podemos ajudar as pessoas doentes. Algumas vezes, podemos levar-lhes alimento ou outras coisas que elas precisam. Sempre podemos orar e pedir a Jesus que as cure.



Resumo da Lição 3 - Um buraco no telhado

Os amigos de um homem doente desejavam que Jesus o curasse. Era muito difícil para eles passarem através da multidão e chegar perto de Jesus. Mas eles conseguiram fazer isso de maneira bem diferente. Pelo teto da casa, eles baixaram seu amigo no aposento
em que Jesus estava falando. Jesus viu o quanto os amigos do homem o ajudaram, e curou o doente. Jesus lhe disse que pegasse sua esteira (cama) e fosse para casa. O homem saiu da casa
caminhando e louvando a Deus.
Esta lição fala sobre serviço.
Ajudar os outros é uma das maneiras de servir a Deus. E quando
tentamos ao máximo ajudar alguém, somos ajudantes de Deus. Ele nos mostrará como ajudar os outros se realmente desejamos e Lhe pedimos orientação.



Resumo da lição 4 - Agora eu Vejo!
Jesus curou um homem que fora cego desde nascido. O homem ficou tão feliz que falou a todos sobre o que Jesus lhe fizera. Mesmo quando as pessoas lhe ordenavam que ficasse quieto, ele continuava falando sobre Jesus. Ele contava a seus vizinhos, e alguns deles o levaram aos líderes judeus, que não queriam crer que Jesus podia curar. Seus pais foram questionados

e ficaram com medo. Mas o homem falou a todos que Jesus o havia curado.
Esta lição fala sobre serviço.
Deus tem feito tantas coisas maravilhosas por nós que frequentemente
desejamos partilhar essas boas-novas com outras pessoas. Falar aos outros sobre
as boas coisas que Deus tem feito por nós é uma das maneiras de O servirmos e ajudar outros a
aprender sobre Ele.




Resumo da lição 5 - Jovem, Levante-se!

Ao aproximar-Se da cidade de Naim, Jesus viu muitas pessoas acompanhando um enterro. O filho único de uma viúva, seu único mantenedor e provedor para o futuro, morrera. O coração de Jesus se compadeceu da viúva e Ele a confortou. Foi até o caixão e disse:
“Jovem, Eu lhe digo, levante-se!” O jovem sentou-se e falou. Jesus o entregou à mãe. A multidão louvou a Deus, dizendo: “Deus interveio em favor de Seu povo.” Lucas 7:16, NVI.
Esta lição fala sobre serviço. 
Jesus teve compaixão da viúva cujo único meio financeiro havia sido levado pela morte. Ele deseja que Seus filhos mostrem compaixão e ofereçam ajuda às pessoas tristes e solitárias com quem entram em contato cada dia. Mostrar misericórdia e compaixão é um modo de servir a Deus, da mesma forma que ajudar os outros de maneira prática.


Clique nas imagens e salve em seu computador e depois imprima.
Se gosto, não esqueça de comentar!

Maçã para os Professores - Lembrancinha - Dia dos Professores

Que tal no sábado presentear as pessoas que tanto de ajudam no MCA?
Até porque sem eles não somos nada!
E pesquisando na net para presentear as professoras da minha escola, olha o que eu achei!
Simples, Bonito e fácil de fazer.
A parte onde coloca o post-it é metade da maçã.


E então, gostou? Comente!!

Fonte: Entre Papeis e EVAs

Lição do Rol do Berço 1º Mês - A filha de Jairo


Resumo da Lição

A filha de Jairo estava muito doente. Ele havia feito tudo que podia para curá-la. Ela, porém, não teve melhora nenhuma. Então, ele foi à procura de Jesus e Lhe rogou que curasse sua filha. Jesus foi com ele em direção à casa de Jairo. No caminho, um servo foi ao encontro deles e disse a Jairo que sua filha havia morrido, e que ele não mais devia incomodar Jesus. Mas Jesus disse a Jairo que tivesse fé, e eles continuaram caminhando. Jesus entrou na casa, encontrou a menina morta, e a ressuscitou.

Esta lição fala sobre serviço. 

Orar por aqueles que estão doentes é um ato de serviço – aos doentes e a Deus. Ele ouve quando oramos por aqueles que estão sofrendo. Ele usa nossas orações como um modo de confortar os doentes.
Durante o mês de outubro a classe do Rol irá estudar a lição da filha de Jairo. 

Estou postando algumas atividades encontradas na net e que podem ser usadas pelas duas classes para introdução e fixação da história.

Clique na imagem para salvar e poder imprimir.





Se você gostou deste post... Comente!!!!


quinta-feira, 4 de outubro de 2012

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Dia das Crianças - Lembrancinhas

Oie!!!

Estou trazendo uma ideia simples e linda para dar as nossa crianças no dia delas.
Espero que gostem! Eu adorei!!


De que vamos precisar?latinha, EVA, cola instantânea ou cola quente, tinta para artesanato, pincel macio, caneta permanente preta, fita de cetim e guloseimas... 

Como fazer:


1. Com o pincel macio passe duas camadas de tinta na latinha e espere secar.



2. Transfira o molde do passarinho para o EVA, recorte com a tesoura e cole com cola instantânea ou cola quente. Utilize caneta permanente preta para fazer o olhinho.



3. Recorte uma tira de EVA estampado e cole em volta da latinha, em seguida cole o passarinho. E está pronta a latinha, agora é só colocar um saquinho com guloseimas de sua preferência e fazer um lacinho com fita de cetim para dá acabamento bacana na lembrancinha. Clique para ampliar o molde!

Fonte: http://www.pragentemiuda.org e http://www.painelcriativo.com.br/



quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Ideias Gerais - 4ª Trimestre de 2012

Olá! Estamos iniciando brevemente o último trimestre do ano. Estaremos sendo beneficiados neste trimestre.

A Divisão Sul Americana, abrange os países:  Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolivia, Brasil, Chile, Peru e Equador.

Os países beneficiados serão: Brasil e Peru.

Serão dois projetos:

1. Projeto Infantil - Aquisição de materiais ilustrativos para Pequenos Grupos Infantis. Peru.

2. Construção de igrejas na UCOB e no colégio IABC.

Missões:


Como incentivo e decoração pode ser feito um painel como este da foto, pois a floresta amazônica abrange tanto o Brasil como o Peru.


Também pode ser feito um mural com os animais em extinção e curiosidades sobre os dois países.
Algumas imagens do Peru que podem ser impressas e coladas no mural.







Algumas imagens do Brasil que podem ser impressas e coladas no mural.






Incentivo de Presença

Se você utiliza incentivo de presença, olha que ideia bem legal! Pode faze cada bonequinho com o nome da criança e uma igreja bem bonita.


Incentivo de Oração

Veja que lindo painel de oração! Cada criança pode colocar o seu pedido ou agradecimento no local correspondente e no final da escola sabatina cada criança sorteia um e leva para orar em casa durante a semana.


Estas são sugestões que podem ser usadas por todas as classes, desde o Rol do Berço até a classe dos Adolescentes.

Quanto à parte das lições, estarei postando cada classe individualmente. 

E agora quero saber sua opinião... gostaram? Então comente! Vou ficar muito feliz de ler seu cometário!

Fonte: Imagens retiradas da Internet.





ESCOLA SABATINA 12º SÁBADO MINISTÉRIO DA CRIANÇA

PROGRAMA SUGESTIVO PARA O 12º SÁBADO. PROGRMA SUGERIDO PELA PROFESSORA VERINHA MATIAS DA IASD PARQUE IDEAL - TERESINA/PI - MISSÃO PIAUIENSE...

Mais Populares