sexta-feira, 2 de julho de 2010

Lição dos Primários - A Pesca

                                                                                                                                                     
VERSO PARA DECORAR
“Disse Jesus: ‘Sigam-Me, e Eu os farei pescadores de homens.’”

Mateus 4:19, NVI.

REFERÊNCIAS

Mateus 4:18-22; Marcos 1:16-20; Lucas 5:1-11; O Desejado de Todas as Nações, p. 244-251.
Resumo da Lição

Jesus estava pregando junto ao Lago de Genesaré (Mar da Galileia). A multidão se aglomerava em volta dEle na praia. Então, Ele entrou no barco de pesca de Pedro e continuou a ensinar a multidão. Quando terminou de falar, Ele mandou Pedro jogar sua rede para pescar.

Pedro questionou, mas fez o que Jesus mandou. A rede ficou tão cheia de peixes que Pedro e seu irmão precisaram pedir ajuda a Tiago e João. Espantados, os irmãos deixaram tudo para trás e seguiram Jesus para se tornarem pescadores de homens.

Esta lição fala sobre serviço. Embora Jesus nem sempre peça que o façamos, Seus verdadeiros servos estão dispostos a deixar tudo para trás e segui-Lo aonde Ele guiar e servi-Lo como Ele pedir.

Decoração da Sala

Em um canto da sala, perto do flanelógrafo ou mural, colocar uma rede com peixes feitos de papel. Dividir o flanelógrafo em duas partes. Na primeira parte, prender um cartaz com a frase “Os Doze Discípulos” e colocar doze homens de feltro, identificando cada um pelo nome. Na outra parte prender um cartaz com as palavras “Pescadores de Homens” ou “Nós Também Somos Discípulos” e colocar o nome de todas as crianças da classe.

Decorar a sala com gravuras de feltro que ilustram a lição de cada semana. Montar em madeira ou isopor a gravura de um menino em tamanho natural com pães e peixes em um cestinho.

Improvisar a lateral de um barco ou canoa (papelão, madeirite, etc.) com uma rede pendendo da borda, de tamanho suficiente para a professora sentar-se do lado de dentro para contar a história.


Lição Bíblica

Vivenciando a Lição

Antes de contar a história, dar a cada criança uma folha de papel e pedir que façam um barco em dobradura. Ao contar a história, sentado(a) “dentro” do barco grande da decoração da sala, permitir que as crianças encenem a história usando seus barcos, redes e recortes de peixes. No momento apropriado, sugerir que encham suas redes de recortes de peixes e despejem no barco. O sol estava nascendo sobre as montanhas ao oriente do Lago de Genesaré. Pedro e seu irmão, André, haviam passado a noite inteira pescando sem conseguir apanhar nenhum peixe.

[Mostrar as redes vazias.]

– Vamos embora – disse Pedro. Eles puxaram suas redes e se dirigiram para a praia.

[Puxar a rede para dentro do barco onde você está sentado(a).]

Ao chegarem à praia, viram um grande grupo de pessoas em torno de Jesus. Quando as pessoas se aglomeravam cada vez mais perto, Jesus entrou no barco de Pedro e pediu-lhe que o empurrassem para a água. [Crianças mostram seus barcos de papel.]

Jesus Se sentou no barco e continuou a falar à multidão que estava na praia. Disse às pessoas que elas poderiam estar no reino de Deus se cressem nEle. Quando terminou de falar, Jesus Se voltou para Pedro e disse:

– Lancem as redes para pescar.

André ficou surpreso. O Sol já ia alto no céu. Ninguém pescava no calor do dia. Por quê? Porque os peixes permaneciam longe da superfície, em águas mais profundas e frias.

– Trabalhamos a noite inteira sem pescar nada – disse Pedro. – Mas, se o Senhor quer que pesquemos, então pescaremos.

Pedro e André atiraram a grande rede para longe do barco. [Crianças jogam as redinhas para fora do barco.] Ela mal tinha tocado a água quando, de repente, se encheu de peixes!

A rede estava tão pesada por causa dos peixes que o barco começou a se inclinar. [Adultos enchem as redes das crianças de recortes de peixes.]

– Ajudem-nos! – gritou Pedro a Tiago e João, que estavam em seu barco, próximo dali. – Estamos afundando!

Tiago e João apressaram-se para ajudá-los. Puxar a pesada rede era um trabalho difícil! Tiago e João puseram a metade dos peixes em seu próprio barco. [Crianças despejam os “peixes” no barco.] Ambos os barcos ficaram tão cheios que eles quase não conseguiram voltar para a praia.

Os homens pensaram sobre o dinheiro que poderiam ganhar ao vender todos aqueles peixes.

Essa era a maior pesca já vista.

– Se vocês Me seguirem – disse Jesus –, Eu os farei pescadores de homens. – Jesus queria dizer que eles falariam às pessoas acerca dEle.

Pedro se lembrou das pessoas que tinham seguido a Jesus à praia do lago. Pensou em suas redes, e então no barco cheio que quase afundou. Ele sabia que poderiam ganhar muito dinheiro.

Mas decidiu seguir a Jesus. Assim fizeram também André, Tiago e João. Eles deixaram a maior pesca que já tinham visto. Deixaram tudo para trás e colocaram Jesus em primeiro lugar na vida. E, enquanto viveram, falaram sobre Ele a muitas pessoas. Eles se tornaram “pescadores de homens”.
Encerramento

Pedir que Deus conceda a cada criança o desejo e a coragem de seguir a Jesus e de falar a outros a respeito dEle durante a semana.


Essa é uma ideia que pode ser construida com os alun0s de sua classe. Um barquinho e o mar de dobradura. E os dicípulos podem ser impressos para colorir

Material


1 Folha de papel-cartão azul, 1 folha de papel ofício, tinta guache ou lápis de cera, lápis de cor, cola e pincel.

. Com o papel-cartão você construirá o mar. Corte um pedaço no tamanho de uma folha de papel ofício e vá dobrando, fazendo assim as ondas do mar, deixe um espaço sem dobrar para por o barco.




Com a folha de papel ofício você construirá o barco, pinte a folha com guache ou lápis de cera e construa o barco, cole no barco a figura (pintada pelas crianças) que representa os pescadores e pronto.


Faça este artesanato com sua turma, deixe eles mesmo produzir cada um a sua arte, claro, com você auxiliando.



Fonte:
Postar um comentário

DIA DOS PAIS - O PAI QUE CRESCE

(Sugestão enviada por Sidnéia da Silva Gonçalves e adaptada para o Site SAF) Antes da reunião Montar três quadros de flanelógra...

Mais Populares